Translate

sexta-feira, 6 de junho de 2008

Atenção é tudo!


Meu filho é apaixonado por carros. Paixão antiga para os seus dez anos, coisa que veio de berço. Não posso afirmar que é genético, pelo menos da minha parte. Gosto de carros e sinto prazer ao dirigi-los, nada mais do que isso. Já a mãe, vai um pouco mais além do que eu, mas bem aquém do que ele. Quem sabe o fato de ela ter dirigido durante praticamente os nove meses de gravidez tenha contribuído para esta paixão. O fato é que Henrique pensa em carros vinte e quatro horas por dia sem, contudo, deixar que este seja seu único assunto, felizmente!

Esta semana estávamos em uma lanchonete ao lado da rodoviária de Cachoeiro quando ele pediu para levá-lo até uma concessionária. O tempo era curto, o próximo ônibus para Marataízes sairia em trinta minutos. Concordei, mas alertei-o para evitar demoras. Ele decidiu, então, ir direto para a loja da Peugeot Triomphe. Quando eu menos esperava, lá estava ele confortavelmente instalado no carrão aí de cima, um Peugeot 307 CC - Cabriolet. Imaginem a emoção do meu garoto ao girar a chave e ouvir o ronco agradável do motor, apertar um comando e ver o teto sendo recolhido, sentir o cheiro incomparável de carro novo! Entrou de abelhudo? Não, muito pelo contrário. Foi amavelmente convidado pelo Monteiro, consultor comercial, que sabe como ninguém tratar um futuro cliente, e põe futuro nisso!

Em pouco tempo os dois já estavam totalmente entrosados. O horário era de fim de feira, mas o Monteiro fez questão de buscar a chave, entregá-la ao Henrique e posicionar-se ao seu lado no exato momento em que ele girava a chave dos seus sonhos. Com o atendimento personalizado que muitos vendedores só dispensam a quem julgam ser um cliente potencial, o Monteiro apresentou todas as características do carro, mostrou seus sistemas de segurança e trocou idéias com o Henrique. Em seguida, tirou duas fotos do meu filho “pilotando” seu objeto de desejo e deixou-o à vontade para “fuçar” outros carros, coisa que o Henrique não perde tempo. Enquanto ele se esbaldava num 307 Hatch Griffe, o Monteiro me apresentou a Cíntia, coordenadora de qualidade, e ela, com a mesma gentileza, enviou as fotos para meu e-mail. Henrique ainda foi surpreendido quando estava no comando do Peugeot 206 Escapade, ganhou do Monteiro um boné "manero" com o logotipo da Peugeot e o nome da concessionária. Despedimo-nos e meu filho saiu radiante e ansioso para contar à mãe o quanto estava feliz.

Tenho feito algumas consultorias em marketing desde que cheguei ao Espírito Santo e, em todas elas, procuro sempre salientar a importância de cada funcionário empenhar-se ao máximo para encantar o cliente. Encantar o cliente é não apenas dar um bom atendimento e apresentar-lhe produtos. É, acima de tudo, despertar seus sonhos, criar uma atmosfera envolvente e uma experiência gratificante, coisas que jamais serão esquecidas e que podem não só abrir-lhe as portas, mas, principalmente, fazê-lo voltar com a garantia de satisfação. Henrique é ainda uma criança, não vai, é lógico, comprar o carro que o Monteiro lhe apresentou, mas, com certeza, a Peugeot aumentou bastante o espaço na sua mente. Para onde vai, carrega o boné que ganhou e que está fazendo o maior sucesso entre os amigos. Tenho certeza que toda vez que for a Cachoeiro vai querer tomar um café com o Monteiro, quem sabe numa dessas a gente ainda acabe comprando um carro com ele...

Nenhum comentário: