Translate

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Carta-aberta ao prefeito de São Paulo


Exmo Sr. Gilberto Kassab,
Prefeito da cidade de São Paulo

Na qualidade de cidadão paulistano, natural dessa cidade, há nove anos residindo em Marataízes, no Espírito Santo e tendo meu IPTU pago religiosamente em dia, tomo a liberdade de escrever-lhe a seguinte carta-aberta:

Com muito pesar e constrangimento acompanhei ontem, no início da noite, o depoimento do apóstolo Valdemiro Santiago, representante da Igreja Mundial do Poder de Deus, com sede à Rua Carneiro Leão 439, Brás. Não sei se o senhor ou os seus assessores tiveram a oportunidade de acompanhar o desabafo emocionado, em alguns momentos carregado de revolta e súplica, indo até às lágrimas para que o senhor reveja a decisão tomada pela prefeitura de, no prazo de dez dias, fechar o templo mais importante de uma das igrejas que mais cresce no Brasil e no mundo. O motivo? Uma lei do silêncio que proíbe barulho acima de 70 decibéis numa cidade que, por natureza, é barulhenta. Sei que o senhor tem se empenhado em reduzir a poluição visual e sonora na cidade, com méritos em alguns casos como no da regularização de outdoors, letreiros e outras formas de propaganda ao ar livre; polêmicas em outros, como no da mordaça aos feirantes que, por tradição, costumam anunciar seus produtos aos berros para os consumidores que, na sua maioria já se acostumaram com a gritaria e sabem que não correm riscos de surdez por causa dessa estratégia de mercado. Vale a pena ressaltar que representantes da prefeitura com ou sem a sua anuência já vem a algum tempo tentando lacrar o prédio utilizado pela igreja, alegando que as reuniões que ali acontecem durante a semana incomodam a vizinhança, que a rua que dá acesso ao templo fica repleta de camelôs que vendem CDs de bandas evangélicas e, para isso, deixam seus aparelhos ligados durante todo o dia, perturbando a vida dos que por ali passam ou residem. De acordo com o depoimento do apóstolo a igreja tem recebido multas com valores altíssimos aos quais ele foi aconselhado não revelar; conselho, é lógico, que ele não acatou.

Faço minhas, senhor prefeito, as palavras do apóstolo quanto à hipocrisia mascarada de lei daqueles que tentam impedir um trabalho feito dentro de todos os preceitos legais, de inestimável valor social, sem entrar aqui no mérito do grandioso valor espiritual representado por esse ministério. Por que hipocrisia? O que são 70 decibéis numa megalópole? Qualquer ronco de moto, buzina de caminhão, pouso de avião, grito de torcida supera-o em muitos outros decibéis. Vamos ser lógicos, se é para fechar a igreja, por que não fechar o Pacaembu, o Morumbi, o sambódromo, os bares com som ambiente, os shows públicos, os comícios, carreatas políticas e afins? Gosto muito de futebol e lembro que quando era rapaz ia muito ao Pacaembu e ao Morumbi. Naquela época os jogos noturnos começavam sempre às 21 horas até que determinada emissora de televisão empurrou-os para depois da sua novela das 20 horas, que começa depois das 21. Resultado: uma partida de futebol noturna vara a madrugada e não me consta que durante todo esse tempo reine o mais absoluto silêncio. Ademais, senhor prefeito, estive na igreja várias vezes durante o mês de maio, quando fui a São Paulo. A alegação é descabida, posso garantir-lhe. A igreja foi construída num galpão onde funcionava uma fábrica, com certeza a fábrica fazia mais barulho. Se o senhor já teve a oportunidade de assistir alguma reunião pela televisão, deve ter constatado que o altar fica no centro do galpão, o sistema de som é bastante avançado o que significa que ele não vaza para fora da área de interesse. A Banda Mundial é das melhores que já vi, supera em qualidade muitos grupelhos que fazem sucesso na mídia, o povo que ali se reúne não é de ficar gritando o tempo todo, muito menos o apóstolo e os bispos que conduzem as reuniões. Mesmo que o fizessem, o barulho permaneceria dentro do prédio. Quanto aos camelôs, onde não os têm?

Deixando o barulho de lado, senhor prefeito, vamos falar um pouco de quem realmente a igreja está incomodando. Em primeiro lugar, outras denominações religiosas que estão se sentindo prejudicadas pela perda de seus fiéis, cansados de esperar por bênçãos que ali nunca acontecem e que acontecem aos montes na Mundial. Bem próximo ao Brás, ali no Glicério, existe também um megatemplo que não deve ser menos barulhento do que o da Mundial. Será que ele também está ameaçado de ser fechado pela prefeitura? Na Igreja Mundial acontecem sim muitos milagres, eu já presenciei alguns quando estive lá, médicos presentes confirmaram, todos que ali são curados levam exames médicos atestando o “antes” e o “depois”. Essas curas, o apóstolo já repetiu à exaustão, não são feitas por ele nem por nenhum membro da igreja. Ele já prestou inúmeros depoimentos às autoridades policiais que o procuraram devido a denúncias de curandeirismo e charlatanismo. Sua vida tem sido vasculhada noite e dia, assim como o seu ministério e até hoje nada conseguiram provar. Oras, o apóstolo, assim como eu, não valoriza a religião, ele prega o Evangelho, a Palavra tal qual está nas Escrituras Sagradas, mas traduzida para os dias atuais como ele tão bem sabe fazer. A sua igreja está sempre repleta de pessoas de todos os cantos do Brasil e também de outros países, evangélicos, católicos, espíritas, ciganos, até índios passam por ali, porque a igreja é aberta a todos. Em segundo lugar, a igreja está incomodando e muito determinadas emissoras de televisão devido ao alto índice de audiência, inclusive no horário nobre. Emissoras de televisão vivem de audiência e para conquistá-la fazem de tudo e esse “tudo” ultimamente significa até abaixar ao máximo o nível de qualidade da programação. Problema esse que a Igreja Mundial não tem, pois não precisa ficar inventando nada, só mostra o que acontece nas suas reuniões. Isso, senhor prefeito, incomoda muito! Incomoda até a imprensa que se mantém na postura daqueles três macaquinhos – não vi, não escutei, não falei. Sou jornalista e sei muito bem o que é um fato jornalístico. Uma aglomeração de mais de 100.000 pessoas é um fato jornalístico, não importando o motivo que a gerou. Pois bem, o apóstolo tem feito reuniões ao ar livre por quase todo o Brasil. No Rio de Janeiro foram mais de um milhão de pessoas no Aterro do Flamengo, em Belo Horizonte mais de meio milhão no último final de semana, debaixo de chuva torrencial. Em todas as capitais por onde passou ele arrastou multidões, mas não conseguiu nenhuma linha na imprensa escrita, nenhum segundo no rádio ou na televisão. Agora, caso houvesse ocorrido algum problema, alguma pessoa machucada numa concentração de tantas pessoas, alguma denúncia de comportamento inadequado dos representantes da igreja, não tenha dúvidas que daria manchete.

Caro senhor prefeito, se tudo o que falei não servir como motivo para que a prefeitura reflita sobre a decisão de fechar o prédio da igreja, pense nos mais de mil funcionários que ali trabalham com carteira assinada, nos voluntários e, principalmente, nos milhares de testemunhos de pessoas que abandonaram a bebida, o crack, a cocaína, o mundo do crime, afora os que receberam curas comprovadas, desenganados que estavam pela medicina e decida se vale a pena acabar com esta obra por míseros 70 decibéis.

11 comentários:

Anônimo disse...

sou católica, mas sempre assisto o pastor valdemiro ...suas or~ções são profundas, vão direto á alma...claro que ele está incomodando...principalmente a arquirival universal...lacrar um templo com base na lei do silencio numa metropole como são paulo soa até comico....aqui em minha cidade testemunhei uma pessoa que abandonou o vicio da bebida e cocaina e hoje é um pai de familia respeitado...tenho pessoas que lutam há anos contar drogas na familia e que agora estão frequentando a igreja e já tem sentido melhoras no filho e na vida...vamos deixar de hipocrisia...cada um tem direito de professar sua fé,,,pior para moral, bons costumes, olhos e ouvidos é festas de carnaval, parada gay, funks....

Anônimo disse...

concordo plenamente com a opinião anterior o que esse prefeito de uma megalópole como essa pensa em lacrar um local onde tudo se con
cretiza através da fé e do poder de DEUS onde esse templo de oração e de busca visa somente salvar pessoas com problemas na vida e pregar o evangelho para que estes se tornem cidadãos de bem principalmente nesta cidade onde as dificuldades são imensas...sou gaúcho e estou indignado com a posição deste prefeito nossa o que é isso é assim que se resolve os problemas desta cidade derrotando o que é certo e deixando o errado em pé? CAROS LEITORES GOSTARIA MUITO DE SABER O QUE O PREFEITO PENSA SOBRE AS FESTAS DE CARNAVAL QUE OCORREM NAS RUAS DE SÃO PAULO SE ELAS INCOMODAM DA MESMA FORMA QUE A IMPD INCOMODA...ONDE PESSOAS SE PROSTITUEM E FAZEM ALGAZARRAS NAS RUAS TRAZENDO PREJUIZOS AO SOCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO?OU...ISSO É PLENAMENTE CORRETO NA VISÃO DO PODER MUNICIPAL DESTE ESTADO?ESTOU DE BOCA ABEETAQ COM AA TITUDE DE UM LIDER DE GOVERNO VIR A PROIBIR QUE A PALAVRA DE DEUS SEJA PREGADA...SERÁ QUE O PODER MUNICIPAL DO ESTADO SÃO PAULO TEM DEUS NO CORAÇÃO??? O MESMO CONTINUARÁ A FAZER A OBRA QUE É FEITA POR ESSA IGREJA NESSE MUNICIPIO,NO ESTADO,NO PAÍS E NO MUNDO???SE ISSO VIER A ACONTECER GOSTARIA DE VER O AVAL DO PODER MUNICIPAL DESTE ESTADO ASSINAR EMBAIXO...AQUI DESCREVO UMA GRANDE INDIGNAÇÃO DE MAIS UM POLITICO SEM PONTO DE VISTA PARA AS COISAS CORRETAS...

Anônimo disse...

Fechar o templo por causa de barulho eu acho injusto, mas deveria fechar por causa da imundicie que fica as ruas da região logo após um culto. Eu trabalho perto desta igreja e é um absurdo um templo tão grande ter a localização num local sem infraestrutura - as ruas são estreitas com muitas empresas e comércios - e atrapalha muito quem trabalha duro e não fica acomodado achando que "Deus" tem que dar tudo, desde saude, vergonha na cara, emprego, e etc.

Karen disse...

Karen,
Caro anônimo,sou crente de outra denominação, porém apesar de trabalhar duramente como pedagoga a semana inteira,acho justo no domingo poder usufruir do direito garantido pela Constituição brasileira,de prestar meu culto livre na igreja mundial, direito esse que me foi arbitrariamente tirado.
Eu presencio mesmo muito lixo,não deixado pelos fieis mas pelo camelos que vendem frutas,no entorno do bairro, e acredito que vc deva cobrar da admistração municipal que utilize as taxas de lixo entre outra para garantir o bem estar público.Como fieis só gostarimos de poder usar aquilo que foi conquistado com nosso dinheiro, já que como outras religiões, não temos reformas patrocinada pelo dinheiro público, como por Ex a reformada catedral Sé.
Ao excelentissímo prefeito gostaria que usasse o poder que lhe é ortogado para fechar por exemplo a cracolandia, prender assaltantes que nos asssalta em prena luz do dia no centro da cidade...
e fazer uma pergunta:
Onde esta a laiquissidde do Estado???
lembrando também que aguardamos muito tempo a liberação para fazermos melhorias na infraestrutura do templo, que só alguns dia obtivemos.
Acreditando ainda na democracia deste pais, não preciso ser anonima>
Desabafo...Karen

Sinalbras disse...

Eu, o Senhor, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos, e isso para dar a cada um segundo os seus caminhos, e segundo o fruto de suas ações. ( COITADO DESSE PREFEITO... PENOSO SERÁ SEU FUTURO, CASO NAO SE ARREPENDA E SE CONVERTA)

Os que nada fazem, são os que mais criticam e julgam, verdadeiros servos de satanás... por isso têm uma vidinha tão sem graça e miserável...

Meu amigo, se você é amado pelo mundo você não é amado por Deus. E ponto final.

Anônimo disse...

Bom se o barulho é o problema, que tal, fechar tbem os desfiles que serão realizados nos dias vindouros, será que lei vale para este tipo de evento? ou só para igrejas? O que sei é, se a lei tem que ser cumprida, que seja, mas para todos;
Espero que tbem possa lacrar tbem os estadios de futebol em dias de jogos (ou peça por favor para ninguem gritar gol ou falar baixinho), a festa que se realizará na paulista (que fogos de artificios não passem de 70 decibeis ou lacrem tbem ora), boates e bares etc.
Que agora a lei se cumpra, mas a todos que passem dos seus limites!!!
Será que vai acontecer? ou só para igrejas em especial as evangelicas???
Bem em respeito as autoridades espero tenham a mesma coragem de impedir o barulho neste mesmos locais da mesma forma que foi feito a esta igreja!!!!!!!!!!
é isso eu gostaria de ver virar noticia
Bem seja como for a lei esta ai, mas só a punição para as igrejas.

jfilho disse...

Como podemos ver um ato de insanidade desse e não manifestarmos a nossa indignação? Vejo com grande tristeza esta decisão, às autoridades precisam tomar vergonha na cara e procurar fazer o que de fato a população está precisando,lacrar uma igraja sob a acusação de que a mesma está fazendo barulho, não me deixa muito claro do ponto de vista ético e moral, exitem vários bordéis em funcionamento e não vejo nenhum carro da guarda civil lacrando, prefeito seja homen.

kezia marcelina sena de castro disse...

faco parte da iigd,e estou indignado com essa atitude da prefeitura de sao paulo,e hora de nos evangelicos de todas as igrejas protestarmos contra essa atitude,da prefeitura de sao paulo,nao tenho nada contra a impd so acho q esse momento e momento de nus unirmos e nao ficamos acusado ou atacado a iurd ,iigd quem quer q seja com mania de perseguicao,somos um so povo,o povo De Deus ele e o forte e poderoso.

MARCOS A. DE PAULA IJUI/RS disse...

CREIO SER NECESSÁRIO O POVO DE DEUS SE UNIR NESSE MOMENTO...TANTA CORRUPÇÃO NESSE PAÍS,TANTA SUJEIRA,AGORA A IGREJA É ATACADA DE UMA FORMA GROTESCA...O POVO DE DEUS SEMPRE SERÁ PERSEGUIDO MAS NO MOMENTO QUE ESSE POVO SE UNIR NÃO HÁ BATALHA QUE NÃO SE DERRUBE NA GLÓRIA DO SENHOR ,POIS ,ELE ESTA CONOSCO E ESPERA QUE CADA UM DE NÓS VENHA FAZER PARTE DESSA BATALHA, DESSA PROVAÇÃO ,IGREJAS QUE BUSCAM A ESTE SENHOR, DEUS ,UNIR-SE AÕ NA BUSCA DA VITÓRIA...E AOS QUE PERSEGUEM O POVO DE DEUS SOMENTE RESTA ORARMOS A ELES E PEDIR PERDÃO EM SEU NOME PELA IGNORÂNCIA E HIPOCRESIA NO CORAÇÃO...PORQUE COM O NOSSO SENHOR NÓS VAMOS LUTAR PARA VENCER E O NOSSO INIMIGO VAI PERDER E CAIR AO CHÃO PARA A GLÓRIA DE DEUS...E COMO NESSE PAÍS AINDA A DEMOCRACIA EXISTE ...CREIO QUE NÃO SEJA ERRADO ME EXPÔR POR UMA CAUSA JUSTA...NÃO ESTOU COM PROPINA,NEM ESCÂNDALOS POLITICOS SOU SOMENTE UM SERVO DE DEUS QUESTIONANDO DE FORMA PÚBLICA A IGNORÂNCIA DE ALGUNS...UNAM-SE A ESTE CAUSA...

elaine disse...

cara.. si ele assinou isso ai pra fechar um templo de um igreja...é pq vai contra os interesses de algum ki ele defende ou vai contra os interesses dele mesmo... uma sociologa mi disse q o rio de janeiro é considerado um municipio cristão... no entanto as autoridades de são paulo tem perseguido igrejas e fikado por longos periodos debaixo de chuva , causando catastrofes e tendo ki gastar uns bilhões tanto pra recuperar, quanto pra fazer reformas pra evitar qui isso si repitah... cara num mexe com as coisas de Deus si não paga um preço...

timoteo disse...

sou alilia do paiçandu, moro perto de maringa eu agradeço muito a Deus pela misericordia, de Deus o livramento de uma morte no asfalto fui curada de desmaio e eu quero a libertaçao total pelo jairo e porto todu o que eu to pendindo lilia frança dos santos
aposto , eu espero receber a sua oraçao,pois eu sou ouivinte do seu programa de televizão de todos os dias as 6 horas da manha lenbra de nois apostolo que Deus te abençoes
,